Lisca valoriza vitória do América, mas salienta que ainda há o “segundo tempo” em Belo Horizonte

Treinador do América Mineiro, Lisca minimizou a vantagem do clube mineiro, destacando que ainda há um “segundo tempo” do confronto e que tudo está em aberto: “Uma vitória importante. Um primeiro tempo de um jogo de 180 minutos, e nós simplesmente temos uma vantagem mínima, de 1 a 0. O segundo tempo é lá em BH, e a gente sabe que o fator casa, hoje, mudou muito, até pelas condições que se tem com a pandemia.”

“O jogo está aberto, temos uma pequena vantagem, e vamos trabalhar forte para no sábado já pegar o Cuiabá, e na quarta-feira aguardar o Internacional, para tentar fazer o nosso melhor, um grande jogo, acreditando no nosso trabalho, respeitando muito”

Além disso, Lisca falou sobre a partida, destacando as chances do América: “O Inter é um time de muitos recursos. A gente teve boas chances para fazer o segundo gol, em transições, em contra-ataques, com o Geovane, no primeiro tempo, e também com o Ademir (na verdade, foi Rodolfo), chutando a bola na trave e batendo no peito do zagueiro. Tivemos algumas chegadas boas. A posse de bola foi mais deles, mas hoje, no futebol, tem que saber analisar bem a posse, qual é a produtividade dela.”

FOTO DE CAPA: América Mineiro.

Resta1