O ataque que não perdoa!

Fotos: Bruno Cantini / Atlético

Com mais um jogo no Independência, o Atlético cumpriu a sua tarefa e garantiu três pontos se aproximando ainda mais do G-4.

Questionado sobre a formação inicial com Lucas Pratto e Fred, o professor Marcelo Oliveira concorda não ter funcionado tão bem no início do jogo e explica que logo depois houve entrosamento. “A ideia era aproximá-los e atrapalhar a defesa do Santa Cruz. Teve uma certa dificuldade, mas no segundo tempo as coisas funcionaram muito bem. Robinho se movimentando muito bem. Aos poucos vamos criando esse entrosamento” – completou o técnico alvinegro.

 

Robinho comemora o primeiro gol do Atlético no jogo. (Foto: Agência Estado)
Robinho comemora o primeiro gol do Atlético no jogo. (Foto: Agência Estado)

Com placar amplo e o time voando em campo aos comandos do rei das pedaladas, o Galo venceu a partida contra o Santa Cruz nesta noite de sábado com gols de Robinho, Fred e Luan que emocionado, após o apito final, declarou seu amor ao clube:

Fred e Luan fizeram os dois últimos gols do Atlético contra o Santa Cruz. (Foto: Futura Press)
Fred e Luan fizeram os dois últimos gols do Atlético contra o Santa Cruz. (Foto: Futura Press)

“O Atlético é tudo pra mim. Difícil falar porque é uma emoção pra mim. Muitas pessoas davam nada por mim, diziam que eu ia encerrar a carreira e agora, vamos rumo ao G-4. Eu amo esse clube e quero encerrar minha carreira aqui.”

O menino maluquinho também foi elogiado pelo técnico que reafirmou o que todos já sabem: “O Luan é uma peça fundamental no nosso trabalho. Além de muito tático, é um cara que está sempre pra cima e esse espírito dele é contagiante.”

Em noite feliz por causa da partida brilhante, Marcelo Oliveira ressaltou que voltou ao Atlético porque é um dos principais grupos do Brasil, com boas estruturas e ótimo elenco que, diante dessa vitória por 3×0, se tornou o time com o ataque mais poderoso do campeonato, alcançando 77 gols e ocupando o quinto lugar na tabela com 29 pontos.

O elenco se reapresenta na segunda feira, sendo o domingo de folga e embarca para São Paulo, na quarta feira para sua próxima partida, em que encara o São Paulo, às 19:30 (horário de Brasília) no estádio Morumbi.