Rafael Tolói deverá ser convocado pela Itália para às eliminatórias da Copa do Mundo

Destaque da Atalanta, Rafael Tolói alterou sua “cidadania futebolística" e poderá defender a seleção italiana na próxima Copa do Mundo.

De acordo com o “Gazzetta dello Sport”, Rafael Tolói, que defendeu Goiás e São Paulo no Brasil, deverá ser a novidade da convocação da seleção italiana para a abertura das eliminatórias europeias da Copa do Mundo de 2022. Recentemente, em fevereiro, o zagueiro, destaque da Atalanta, obteve uma autorização especial da Fifa para alterar sua “cidadania futebolística” e pode defender a camisa Azzura.

O nome do defensor estará na lista divulgada hoje, dia 19, mais tarde. Tolói estará à disposição de Roberto Mancini para as partidas contra Irlanda do Norte, Bulgária e Lituânia, entre os dias 25 e 31 de março. O ítalo-brasileiro disputou o Mundial Sub-20 em 2019 pelo Brasil, mas não jogou pela seleção principal do país onde nasceu.

Rafael Tolói deverá ser apenas o primeiro nome da lista

Foto: Getty Images

A convocação do defensor de 30 anos é essencial, porque é a última oportunidade de testar novos jogadores antes da convocação para a Eurocopa, que será jogada entre junho e julho. Pela Itália, o jogador encontrará outros dois jogadores nascidos no Brasil:  o lateral esquerdo Emerson Palmieri e o volante Jorginho.

Nesse sentido, a lista de ítalo-brasileiros na seleção deverá aumentar nos próximos meses. Mancini está de olho em outros três nomes: o zagueiro Luiz Felipe (Lazio) e os meia-atacantes Gabriel Martinelli (Arsenal) e Raphinha (Leeds United). No entanto, os dois primeiros já manifestaram publicamente que têm o Brasil como prioridade. No entanto, o técnico da Azzurra acredita que pode convencê-los a mudar de ideia. 

Por fim, Raphinha, que vem se destacando no Leeds United, ainda não comentou abertamente sobre o tema. Por mais que tenha quatro títulos mundiais e divida o posto de segunda maior campeã da história com a Alemanha, a Itália tem um grande peso nas costas. Isso porque a seleção não se classificou para a última Copa.