Atlético de Madrid sempre se dá bem quando contrata alguém do Barcelona ou Real Madrid

Nos últimos anos um fato um tanto quanto curioso no futebol espanhol tem chamado bastante atenção. O Atlético de Madrid tem se beneficiado com as contratações vindas do Barcelona e Real Madrid, no entendo o mesmo não vem acontecendo com os dois maiores do país. A prova que as contratações vindas do clube colchonero não dá certo nas outras equipes, foi vistas em várias ocasiões.

Arda Turan foi nada o Barcelona por 40 milhões de euros, no entanto o turco foi apenas um problema para os Blaugranas durante sua passagem. O mesmo aconteceu com Théo Hernández, que foi para o Real Madrid onde não teve tanto sucesso. Agora no Milan o lateral somou reencontrou as suas boas atuações.

Mais recentemente, vem o caso de Griezmann. O atacante no Atlético de Madrid teve 257 jogos, com 133 gols e 50 assistências e ótimas atuações. Agora no Barcelona está longe de ser o mesmo jogador, Griezmann é bastante discutível na Catalunha, onde alterna entre titular e reserva.

Por outro lado, aletas vindo do Barcelona e Real Madrid para o Atlético desempenham bom papel no clube. David Villa, que fez história na seleção Espanhola, é um exemplo. O atacante se tornou um rojiblanco por pouco mais de 2 milhões de euros, e no Calderón marcou 15 gols em 47 partidas. Marcos Llorente optou por “pular” o muro e trocar o Real Madrid pelo Atlético. Atualmente com Simone o jovem vem vivendo seu melhor momento, tanto defensivamente como ofensivamente.

Por fim, na atual temporada o clube contratou Suárez vindo do Barcelona. Uma opção de mercado que surgiu e foi muito bem aproveitada pelo clube. Até o momento são 8 jogos, 4 gols e uma assistências.

FOTO DE CAPA: Getty Images

Resta1

Matheus Ramos

Estudante de jornalismo, amante do futebol espanhol, em especial do Real Madrid.