Atlético diz que Boca Juniors ainda não ressarciu o presidente do clube e fãs falam de “calote” dos argentinos

Após o jogo de ontem, o Boca Juniors teve parte de sua delegação e elenco detidos em delegacia por brigas e destruição de patrimônio no Mineirão

O jogo entre Atlético e Boca Juniors teve inúmeras polêmicas, dentre elas a detenção de jogadores do clube argentino após a partida. Segundo nota oficial do clube mineiro, o presidente Sérgio Coelho ajudou o elenco do Boca Juniors, ao pagar a fiança dos jogadores, no valor de 6 mil reais.

Porém, em nota divulgada nessa tarde (21), o Boca ainda nã o pagou ao presidente alvinegro o valor da fiança, o que gerou aos torcedores uma piada a respeito de “calote

” por parte dos argentinos.

Em nota, o Atlético disse:

Errata: diferentemente do que foi divulgado hoje, o clube argentino ainda não ressarciu o presidente Sérgio Coelho do valor de 6 mil reais pago a título de fiança, para liberação d os membros da delegação argentina. Os dirigentes do Boca, no entanto, se comprometeram a fazê-lo.

Foto de Atlético Mineiro