Atlético estreia na Copa do Brasil diante do Remo, em Belém; clubes se reencontram após 15 anos

Foto: Fernando Araújo/O Liberal

O alvinegro visita o Leão Azul nesta quarta-feira (02), em Belém, em partida válida pela terceira fase da Copa do Brasil

Após conhecer o seu próximo adversário da Copa Libertadores, o Atlético vira a chave e concentra todas as suas atenções na disputa da Copa do Brasil. O alvinegro estreia na terceira fase da competição nacional, nesta quarta-feira (02), pelo jogo de ida, diante do Remo, às 19h, no Estádio Baenão, em Belém. O jogo de volta, em Belo Horizonte, será realizado na quinta-feira, dia 09.

A delegação atleticana desembarcou na capital paraense na noite desta última segunda-feira (31) com inúmeros desfalques para o duelo. Além de Keno, se recuperando de lesão na coxa, os laterais titulares, Guilherme Arana e Guga, foram convocados para amistosos da seleção olímpica brasileira, na Sérvia. Já os gringos, Junior Alonso (Paraguai), Alan Franco (Equador), Eduardo Vargas (Chile) e Savarino (Venezuela) também estarão defendendo as suas respectivas seleções em duas datas FIFA das Eliminatórias, agora no início de junho.

O destaque, nesse sentido, fica por conta do retorno de Eduardo Sasha, que não foi opção do técnico Cuca no último domingo (30), diante do Fortaleza, pelo Brasileirão, após sofrer uma tendinite no pé esquerdo.

APÓS 15 ANOS!

Atlético e Remo voltam a se enfrentar, nesta quarta-feira, após 15 anos. Isso porque o último duelo entre mineiros e paraenses foi no Campeonato Brasileiro da Série B de 2006.

No primeiro encontro das equipes pela competição nacional, no Mineirão, o Galo foi superior e venceu por 3 a 1 com gols de Bilu, Marinho e Dinelson; Landu descontou para os visitantes.

Já no segundo turno, em seus domínios, o Leão Azul levou a melhor. Na ocasião, no Mangueirão, os donos da casa venceram por 2 a 1 com gols de Landu e Zé Soares; pelo lado alvinegro, Roni diminuiu após cobrança de pênalti.

Foto: Fernando Araújo/Arquivo OLiberal

RETROSPECTO

Atlético e Remo já se enfrentaram em 17 oportunidades e a vantagem histórica é amplamente alvinegra. Em suma, o Galo soma 10 vitórias, cinco empates e apenas duas derrotas no duelo diante do Leão Azul.

Já em Belém, palco do confronto de amanhã, foram 10 jogos: são três vitórias para o Atlético, duas para o Remo e cinco empates.

Em contrapartida, pela Copa do Brasil, especificamente, Galo e Remo já mediram forças em duas oportunidades e em ambas o alvinegro levou a melhor. A primeira, em 1994

, foi válida pela segunda fase da competição. Na ocasião, o Remo venceu o jogo de ida por 2 a 1 em Belém, mas sofreu o revés por 2 a 0 no jogo de volta, em Belo Horizonte e foi eliminado.

Logo depois, no segundo momento, em 1997, também pela segunda fase, os dois confrontos foram marcados por inúmeras balançadas de redes. O jogo de ida, no Pará, terminou empatado em 3 a 3. No entanto, em Minas Gerais, o Galo venceu por 3 a 2 e garantiu a classificação.

O alvinegro visita o Leão Azul, em Belém, em partida válida pela terceira fase da Copa do Brasil; clubes se reencontram após 15 anos
Atlético 3×2 Remo, 1997
Foto: Reprodução/TV Globo