Atlético-MG protocola acordo para pagamento de 2,8 milhões de reais para ex-volante

— Bruno Cantini/Atlético.

Nesta segunda-feira (31), Atlético-MG e o ex-volante Adilson Warken protocolaram acordo para encerramento e pagamento de ação trabalhista imposta pelo ex-jogador do clube. O alvinegro conseguiu um abatimento no valor e ainda a divisão do débito em 36 vezes. A informação foi divulgada inicialmente pelo portal FalaGalo.

Há dez dias, Adilson e pessoas ligad as ao Atlético-MG se reuniram na sede do clube, localizada no bairro de Lourdes. A reunião durou pouco mais de três e terminou com um acordo visto como positivo para as partes, no entanto, não havia sido protocolado, o que ocorreu nesta segunda. Segundo revelado pelo Atlético, houve um desconto de cerca de 50% no valor solicitado em causa pelo ex-volante.

Portanto, o acordo protocolado consta que a dívida será paga sem 36 parcelas de 78 mil reais, somando R$ 2.808.000,00. O prazo estabelecido para início do pagamento é no dia 10 de junho.

Adilson deixou o elenco alvinegro, como jogador, em julho de 2019, após apresentar um problema cardíaco que impossibilitava as atividades físicas de alto rendimento. Após isso, incorporou-se à comissão técnica alvinegra, deixando o clube no começo de 2020. Contudo, o ex-volante processou o Galo, na época, pedindo R$ 11,6 milhões.