El Turco fala sobre lições tiradas do clássico, mas afirma: “A nossa maneira de jogar não vai mudar”

Foto: Pedro Souza/Atlético

O técnico argentino reconheceu que o Galo não foi tão preciso nas finalizações, mas realçou a atitude do time de não abrir mão da sua forma de jogar

O Atlético recebeu o América, nesta quarta-feira (13), no Mineirão, em jogo válido pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. E em um jogo duro, o primeiro clássico mineiro da história da competição continental se encerrou empatado.

Apesar de dominar as ações do duelo, o Galo viu o América sair na frente no placar com gol de Felipe Azevedo no início da etapa final. O empate alvinegro só veio aos 40′, com Ademir. Em entrevista, o técnico El Turco afirmou que o Galo não foi tão preciso nas finalizações, mas realçou o fato de o time não abrir mão da sua forma de jogar.

“Eu levo (de lição) a atitude da equipe, de não desistir em um jogo difícil, um time muito complicado, o jogo começou com chuva, muitas complicações. É preciso saber que, no ano passado, foram dois empates em 0 a 0 com o América, duas finais. É um clássico, Libertadores, é difícil. Duas equipes brasileiras pela Libertadores, é sempre um jogo fechado”, afirmou o treinador.

“O que eu levo é a atitude da equipe, de não se entregar nunca. Jogamos bem. Não fomos tão precisos, mas temos o jogo, a identidade nós temos, sempre vamos jogar desta maneira. Às vezes finalizamos melhor, às vezes não. A nossa maneira de jogar não vamos mudar, vamos jogar sempre desta maneira”, finalizou.

Duelo na Champions! Veja craques que passaram por Milan e Chelsea TIME DA VIRADA! Notas das atuações dos jogadores do Vasco contra o Operário Paulo Sousa promete quebrar o silêncio e falar sobre período no Flamengo FIFA 23: saiba tudo sobre o novo sistema de aceleração do game