Hulk reclama de vaias após derrota do Galo na Libertadores: “Achei desnecessário”

Foto: Agência i7/Mineirão

O atacante mostrou descontentamento com as vaias da torcida na derrota que decretou o fim da invencibilidade de 18 jogos do Atlético na Libertadores

O Atlético foi superado pelo Tolima-COL, por 2 a 1, no Mineirão, na noite desta quarta-feira (25). O revés marcou a interrupção da série invicta de 18 jogos – o recorde do torneio continental. Além disso, o Galo ainda viu cair a invencibilidade de 37 jogos no Gigante da Pampulha.

A insatisfação pelo desempenho e resultado foi expressada pela torcida presente no Mineirão através de vaias ao fim do jogo. Em entrevista coletiva após o duelo, o atacante Hulk reclamou das vaias, afirmando que o elenco alvinegro se entregou durante todo o jogo.

“Questão de perder ou ganhar faz parte do futebol. A gente entra em campo para dar nosso melhor. Como falo, a gente nem sempre vai ser feliz ou tomar as melhores decisões. Nem sempre vamos ganhar, vamos perder e empatar também, faz parte. O importante é manter o foco e a cabeça erguida”, afirmou Hulk.

“A gente sabia que o Tolima gosta muito de contra-ataques, e, infelizmente, tomamos gols de contra-ataques. Erramos. Só acho desnecessária a questão da vaia, porque quem estava presente viu que a equipe se dedicou ao máximo e buscou fazer tudo para alcançar a vitória”, argumentou.

“Infelizmente, não conseguimos ganhar. Agora, temos que levantar a cabeça. Temos muitos jogos pela frente e é importante manter o foco”, concluiu o camisa 7.

Duelo na Champions! Veja craques que passaram por Milan e Chelsea TIME DA VIRADA! Notas das atuações dos jogadores do Vasco contra o Operário Paulo Sousa promete quebrar o silêncio e falar sobre período no Flamengo FIFA 23: saiba tudo sobre o novo sistema de aceleração do game