Ninguém quer pagar esse Pato

Com contrato rescindido no dia 19 de agosto, o atacante Alexandre Pato vai completar um mês sem clube. O jogador que vinha tendo seu nome vinculado ao Atlético-MG e ao seu clube formador, Internacional, hoje, já não faz mais parte dos planos nem de Sampaoli nem de Coudet.

O atleta vem de passagem apagada no São Paulo, onde foi contratado em março de 2019. Os números da segunda passagem de Pato no clube paulista não são nada animadores para os futuros interessados no atacante. Em pouco menos de um ano e meio no clube, foram 37 partidas e 9 gols anotados.

Em tom cômico vindo da mídia, Alexandre já foi cogitado até para fazer parte do time de comentarista do SBT –emissora de seu sogro que fechou contrato para as transmissões da CONMEBOL Libertadores na TV aberta.

Havendo pouco mercado na Europa e não demonstrando vontade em voltar a atuar no futebol asiático, ele parece mesmo querer continuar em territórios brasileiros, por motivos familiares e projetos pessoais.

Desta forma, resta saber qual será o clube nacional que estará disposto a aceitar as condições salariais propostas pelo jogador. Ou até mesmo se o jogador de 31 anos estará disposto a se encaixar nos padrões financeiros condizentes com o futebol que vem apresentando.

Nos cabe aguardar para saber quem, literalmente, irá pagar o Pato?

Foto de capa: @SaoPauloFC (Twitter)

Resta1

Vitor Hugo Ferreira

Apaixonado por futebol. Sou colunista no Mercado do Futebol e do SPFC24HORAS. Faço parte de um trabalho de jornalismo comunitário na região de Franca-SP