4 técnicos que podem assumir o Barcelona caso Koeman saia do clube

Foto: Getty Images

Após a saída de Messi, o Barcelona começou um grande processo de reformulação. Ronald Koeman, atual técnico, vive forte pressão e não é visto por muitos como o nome ideal para iniciar uma nova era no clube culé. Com isso em vista, diversas fontes já informaram que a diretoria do Barça está estudando outros nomes para assumir o comando da equipe.

Com isso, o Mercado do Futebol preparou uma seleção com 4 nomes que poderiam encaixar dentro da filosofia do clube catalão e ao mesmo tempo liderar a difícil construção de uma nova identidade.

Os nomes não necessariamente estão livres no mercado, mas são factíveis dentro da realidade que vive hoje o Barcelona. Confira a lista:

Marcelo Gallardo

Foto: Getty Images

O Barcelona busca uma reformulação, iniciar uma nova era. Nada melhor para fazer isso com o homem que mudou um gigante de patamar e o recolocou no caminho das glórias. Marcelo Gallardo assumiu o River Plate pouco tempo depois da equipe voltar a primeira divisão da Argentina, e desde então, construiu uma dinastia repleta de troféus. Em 7 anos, El Muñeco conquistou diversos títulos, com destaque para 2 Libertadores, 1 Sulamericana, 3 Recopas Sulamericanas e 3 Copas da Argentinas.

Gallardo já anunciou que deixará o River Plate no fim da temporada argentina, abrindo caminho para o Barça conseguir sua contratação de maneira gratuita. Seria uma excelente opção custo-benefício.

Xavi Hernández

Foto: Getty Images

Um dos maiores ídolos da história do Barcelona, Xavi é o nome mais especulado para assumir o clube após uma possível demissão de Ronald Koeman. Formado em La Masía, o ex-meio campista gosta da bola e tem o DNA do Barça. Atualmente comandando o Al Saad, é o atual campeão da liga do Catar.

Erik Ten Hag

Foto: Getty Images

Outro nome muito vinculado ao Barcelona, Erik Ten Hag faz um trabalho brilhante no Ajax. Desde que assumiu a equipe, no fim de 2017, ajudou na revelação e lapidação de diversos talentos, algo necessário para o momento atual do Barça. Sob sua batuta, o time dos Países Baixos chegou à semifinal da Champions League na temporada 2018-19.

Outro fator que pesa a favor de Ten Hag é sua formação, baseada na escola holandesa. Desde Johan Cruyff, o Barcelona tem relações bem próximas com os neerlandeses e esse pode ser um fator decisivo.

Óscar García

Foto: Getty Images

Um nome não muito falado, mas que começa a ganhar força internamente no Barça

, é o de Óscar García. Ex-meio campista do Barcelona, García marcou época ao lado de Pep Guardiola na década de 90. Essa ligação entre os amigos se reflete em campo também, com propostas de jogo que visam o controle da bola.

O que pesa contra Óscar é seu histórico recente em La Liga. Comandando a equipe do Celta de Vigo, o ex-jogador de 48 anos teve um péssimo aproveitamento de 31%. Em 38 jogos, foram apenas 8 vitórias.