Barcelona abriu mão de renovar com Messi para manter Ansu Fati, diz jornal

De acordo com o jornal espanhol ARA, o Barcelona tinha um jeito de garantir a permanência de Messi no clube, mas optou por não usar. A venda de Ansu Fati equilibraria as contas dos catalães e foi bem avaliada nos bastidores. No entanto, o presidente, Joan Laporta, resistiu e optou por não colocar o jovem à venda.

Dessa forma, o argentino precisou ser liberado e acabou acertando com o PSG. Posteriormente, Ansu Fati assumiu a camisa 10 do Barcelona, que foi de Lionel Messi durante a maior parte de sua trajetória no clube catalão. No momento, o jogador possui contrato até junho de 2022 e a diretoria quer estender o vínculo.

Recentemente, o Manchester United foi apontado como interessado no jogador, mas o Barcelona não tem planos de negociá-lo, tendo em vista que liberou o maior ídolo de sua história para mantê-lo. Então, os planos de Laporta para Fati são ambiciosos.