Ex-agente de Neymar revela o quê impediu retorno ao Barcelona em 2019

Foi ao ar nesta terça-feira a série documental “Neymar – O Caos Perfeito”, produzido pela Netflix. No início do terceiro episódio, é abordado o conflito do camisa 10 com o PSG em 2019. Na ocasião, Neymar tinha deixado claro a sua vontade de retornar ao Barcelona.

Inclusive, os clubes chegaram a conversar, já que o clube catalão via isso como um trunfo para Messi permanecer. Porém, no final das contas, mesmo insatisfeito, Neymar permaneceu no PSG. Nesse sentido, o ex-agente do craque, Wagner Ribeiro, revelou o quê impediu a volta do brasileiro à Espanha.

“Ele (Neymar) não saiu agora (2019) porque o sheik, o dono do Catar, não quis vendê-lo por dinheiro nenhum. Porque as propostas do Barcelona foram enormes, maiores do que o valor da venda dele do Barcelona para o PSG”. O dono do PSG é Nasser Al-Khelaïfi, atual CEO da QSI, fundo de investimentos vinculado ao governo do Catar.

Lembrando que Neymar custou custou 222 milhões de euros aos cofres parisienses. Na ocasião, já em crise financeira, o Barcelona tentou incluir jogadores no negócio para negociar a liberação com o PSG, como Dembélé, Rakitic e Philippe Coutinho, mas os franceses se mantiveram irredutíveis e Neymar ficou em Paris.

Os 10 melhores jogadores do Newcastle no FIFA 08 Os 10 melhores jogadores do Atlético Mineiro no FIFA 08 Os números de Jô nas últimas 10 temporadas HISTÓRICO! Os números do Fortaleza na fase de grupos da Libertadores