Koeman mostra confiança na véspera do El Clásico: “Não tenho medo”

Neste domingo, Barcelona e Real Madrid vão protagonizar mais um “El Clásico”, que terá um sabor diferente. O dérbi marca o fim da rivalidade entre Messi e Cristiano Ronaldo após 12 anos. Além disso, é o primeiro da temporada. Assim, muitos envolvidos na partida estarão vivendo o clássico pela primeira vez.

Por outro lado, o técnico do Barcelona, Ronald Koeman, disse que não há o que temer e mostrou confiança.

“Não sei se as pessoas têm essa desconfiança. Nós não. Sabemos o que temos e o que podemos fazer. Jogamos em casa, não tenho medo”. O holandês já disputou dois clássicos comandando o Barcelona e foi derrotado em ambos.

Recentemente, o atacante Ansu Fati, de 18 anos, assinou um novo vínculo com o clube catalão até 2027. O jovem é um pilar do projeto do Barcelona para o futuro. Inclusive, Daniel Alonso Duarte, delegado da La Liga no Brasil, disse que Fati e Vinicius Jr serão a grande rivalidade dos próximos anos. Para Koeman, ainda é cedo para isso.

“Eu não acho que seja um duelo entre jogadores. Ambos são jovens e têm que se mostrar muito. Como eu disse o outro dia, você tem que deixar o Ansu um pouco tranquilo, deixa ele se recuperar. Este é apenas Ansu. Parte de uma equipe na qual ele pode fazer a diferença. Ele tem que trabalhar e melhorar”,

concluiu.