Laporta nega que tenha pedido para Messi jogar de graça no Barcelona

Na época da confirmação da saída de Lionel Messi do Barcelona, o jornal argentino Olé informou que, como última cartada, o clube catalão propôs que o atual camisa 30 do PSG jogasse de graça, na primeira temporada, de forma a poder ser inscrito na La Liga. O novo vínculo seria de cinco anos.

Inclusive, a oferta teria sido feita após o Barça anunciar oficialmente a saída do argentino em suas redes sociais. No entanto, em entrevista ao programa “Els matins”, da TV3, o presidente do Barcelona, Joan Laporta, negou que tal proposta tenha sido feita para Messi.

“Nunca pedi a Messi para jogar de graça e nisso ele tem razão, pois, à parte, é o melhor jogador do mundo. Sabíamos que tinha uma proposta importante e absurda. Em todo caso, tinha que sair dele, não de mim”,

disse. Um dos pilares da campanha de Laporta era montar uma equipe competitiva para Messi ficar, o que não aconteceu.

Por fim, o Barcelona ainda busca se reestruturar após a saída do maior ídolo de sua história. Com isso, as contratações de Xavi Hernández e Daniel Alves servem para tentar recuperar a identidade do clube. Neste sábado, o Barcelona encara o Betis pelo Campeonato Espanhol no 4º jogo de Xavi no comando da equipe culé.

As maiores decepções no início dos estaduais 8 jogos imperdíveis para curtir neste fim de semana! Saiba tudo sobre o UFL, novo game de futebol rival de FIFA e PES Os jogadores mais valiosos do futebol brasileiro