Os 3 motivos que fizeram Messi renovar com o Barcelona

A renovação de Lionel Messi está cada dia mais próxima de ser confirmada. Por isso, trouxemos três motivos que foram essenciais para acontecer.

A renovação de Lionel Messi está cada vez mais próxima de ser confirmada. A presença do pai do argentino na Catalunha, apesar dele ter negado que “foi negociar com o clube”, é o primeiro passo para o meia-atacante permanecer no FC Barcelona por muito mais tempo.

Assim, o vínculo atual do argentino se encerra em junho e muitas equipes estavam de olho querendo sua contratação. Os principais foram o PSG e o Manchester City, que ainda esperam a decisão de Messi no final da temporada. Mas, neste momento, tudo parece muito claro. O momento atual do argentino é muito favorável e seu destino deverá ser permanecer no Barcelona.

O que fez Messi renovar?

Foto: Getty Images

Vitória de Laporta nas eleições: Lionel Messi precisava de um projeto esportivo para apoiá-lo a continuar conquistando títulos. Assim, a vitória de Laporta nas últimas eleições presidenciais do clube garantiu isso. O relacionamento entre o craque e Laporta é muito bom, fazendo com que o argentino confie nele na hora de tomar decisões esportivas. Assim, foi essencial para afastar os desejos de PSG e Manchester City.

O surgimento de jovens talentos de La Masía: Messi está animado com a nova geração de talentos que estão fazendo a diferença nesta temporada e acredita que eles são o futuro do clube. Dessa forma, a renovação chegou, o que parecia impensável na temporada passada. Nomes como Óscar Mingueza, Ronald Araujo, Pedri, Ilaix Moriba, Riqui Puig, Pedri e Ansu Fati

 são chamados de espinha dorsal do clube nos próximos anos e o argentino sente que com eles pode disputar os títulos.

Além deles, podemos acrescentar os nomes de Frenkie de Jong e Sergiño Dest, que já estão mais consolidados na equipe principal. Por fim, a chegada iminente de Eric García no próximo mercado de transferências também deixa o elenco mais forte.

Um projeto que está ganhando força: Ronald Koeman teve uma temporada muito boa no banco de Camp Nou, se levarmos em consideração o quão complicada é a situação. O holandês capacitou muitos jogadores experientes, deu oportunidades aos mais jovens e conseguiu construir uma equipe capaz de vencer sem Lionel Messi em campo. Por fim, tudo isso animou bastante.

As maiores decepções no início dos estaduais 8 jogos imperdíveis para curtir neste fim de semana! Saiba tudo sobre o UFL, novo game de futebol rival de FIFA e PES Os jogadores mais valiosos do futebol brasileiro