Piqué: “Temos que melhorar mentalmente”

Zagueiro do Barcelona confessou o empate amargo contra o Cádiz e a fragilidade mental da equipe devido aos péssimos resultados.

A queda de desempenho do Barcelona surpreendeu a todos na última semana. Junto a isso trouxeram os resultados negativos para a sequência da temporada. Ontem (21) o empate frente o Cádiz em 1 a 1 no final da partida, teve gosto de derrota aos catalães.

Uma das bandeiras do clube, Gerard Piqué, foi o único a dar o depoimento pós-jogo: “Dói muito , porque a derrota do Atlético de Madrid nos deu a oportunidade de chegar lá. Perdendo dois pontos com um pênalti é difícil de assimilar. Vindo de onde viemos, era importante somar os três pontos para chegar perto da cabeça.”

O zagueiro que está gradativamente retornando ao seu melhor ritmo após uma parada de três meses devido uma lesão no pé, admitiu a má fase do clube e o nítido declínio nas competições: “Em cada uma jogo que você não ganha, suas opções diminuem um pouco . Acho que a LaLiga está fazendo muito tempo. É uma distância importante, mas não inatingível. Vai depender de como vamos enfrentar os próximos jogos. Eles (Atlético e Real Madrid) estão à frente, mas vão perder pontos.”

Ainda reiterou em relação a necessidade urgente de reverter a atual condição da equipe por meio das vitórias. E definiu como acha que o time poderia se portar melhor em campo: “Se conseguirmos uma boa dinâmica de jogo ligada aos resultados, podemos ter opções. É difícil, mas temos que tentar. Contra o Cádiz isso não aconteceu e é um golpe duro. Temos de nos levantar, na quarta-feira temos temos mais um jogo em casa contra o Elche e vamos tentar somar os três. Hoje não o esperávamos.”

Por fim, abriu destaque sobre as últimas derrotas pelas eliminatórias frente ao Sevilla e PSG, algo que afetou o psicológico de todo o elenco com a urgência de levantar a cabeça. “Sim, é verdade que, se formos realistas, eles são muito complicados , principalmente a Champions League. Na Copa teremos alguma opção, estou convencido. Na LaLiga devemos recuperar nosso jogo e nossos sentimentos; os outros podem perder , senão fazemos, não vamos chegar. Temos que nos concentrar em nós mesmos, apesar desses dois golpes fortes desta semana. Temos que melhorar mentalmente”, finalizou Piqué.

Foto destacada: Getty Images

Resta1

Juan Henrique

Falo de tudo e mais um pouco. Cursando jornalismo