Presidente descarta Xavi como treinador do Barcelona, caso demita Koeman

Foto: Xavier Bonilla/Getty Images.

Luis Enrique e Erik Ten Hag são os nomes da vez para o possível sucessor de Koeman, pois o holandês apesar de alguns resultados interessantes não conseguiu agradar o presidente Joan Laporta. Uma terceira via era Xavi Hernandez que demonstrou várias vezes a vontade de comandar o Barcelona no futuro próximo.

Aos 41 anos tem um trabalho consolidado no Al-Sadd com 55 vitórias em 84 jogos e a tendência é de continuar no Catar durante mais uma temporada.

Nesse período, Xavi foi campeão da Liga e Taça Catari, além da Copa do Emir e Supertaça do Catar. Apesar do seu estilo de comando ser próximo de Johan Cruyff e Pep Guardiola, duas fontes de seu trabalho, Laporta não quer o ex-atleta multicampeão pelo clube por causa da disputa política com Víctor Font.

Esse que tentou ser o mandatário na última eleição utilizando a plataforma e o poder de Hernandez dentro da agremiação. Porém, longe de ter sucesso dificultou também sua chegada na Espanha.