Veja as condições impostas por Xavi para assinar com o Barcelona

Muito próximo de retornar ao Barcelona, o técnico Xavi, do Al-Sadd, do Catar, impôs algumas condições para assinar com o clube espanhol.

As conversas entre Barcelona e Xavi se iniciaram e o espanhol poderá retornar ao clube na próxima temporada, dessa vez como treinador. Depois do que aconteceu no final desta temporada, com o time desmoronando na reta final, Joan Laporta tomou a decisão de se livrar de Koeman e buscar um novo projeto em que Xavi pudesse ser o líder.

Assim, o atual treinador do Al-Sadd, do Catar, chegou hoje à Catalunha para começar suas férias e eles se encontrarão nos próximos dias para conversar sobre. O treinador já deixou algumas condições ao telefone com Mateu Alemany, diretor esportivo do clube. Dessa forma, Xavi irá assinar com o Barcelona caso o clube cumpra algumas exigências.

Exigências feitas por Xavi para assinar com o Barcelona

Primeiramente, ele quer saber até onde o clube catalão pode chegar na ida ao mercado de transferências para fortalecer o time. Ele quer um goleiro, um lateral-esquerdo, um lateral-direito, um meio-campista e um atacante. Xavi quer saber se o Barcelona teria capacidade de assinar com o que ele precisa hoje. O espanhol não está disposto a assumir o cargo sem a garantia de uma equipe competitiva.

Além disso, ele quer a liberdade para facilitar a saída de jogadores que considera que não deveriam fazer mais parte do Barcelona. Ou seja, ele busca a venda de diversas peças do elenco e não quer que lhe aconteça o que aconteceu com Ronald Koeman, que foi obrigado a trabalhar com jogadores que não queria.

Por fim, Xavi quer implementar sérias mudanças na estrutura de gestão do futebol de base. Então, formado no clube, ele sabe melhor do que ninguém como o trabalho com os meninos pode ser maximizado e evitar fissuras vivenciadas nas últimas temporadas. Laporta deve concordar em deixar muito poder para Xavi no gerenciamento da base.

Esses são os pontos essenciais para ele assinar. Quando Bartomeu lhe contatou em janeiro de 2020, ele entendeu que os requisitos não podiam ser cumpridos a 100% e por isso preferiu aguardar. Por fim, ele não descarta continuar mais um ano no Catar, esperando que o clube continue se recuperando de como Bartomeu o deixou mal.

Os 10 jogadores mais valiosos da Chapecoense CABE NO MENGÃO? Os números de Vidal nas últimas quatro temporadas INTENSO! Números de Lucas Paquetá no Lyon FURACÃO! Os números de Harry Kane nas últimas 10 temporadas