Band deixará de transmitir o Campeonato Italiano; Disney é a favorita para assumir o lugar

MILAN, ITALY - JANUARY 17: Nicol Barella of Internazionale celebrates with Romelu Lukaku and team mates after scoring their side's second goal during the Serie A match between FC Internazionale and Juventus at Stadio Giuseppe Meazza on January 17, 2021 in Milan, Italy. Sporting stadiums around Italy remain under strict restrictions due to the Coronavirus Pandemic as Government social distancing laws prohibit fans inside venues resulting in games being played behind closed doors. (Photo by Marco Luzzani/Getty Images)

Apesar de ter transmitido o Campeonato Italiano durante o ano de 2020/21, a Band deixará de transmitir a competição na temporada que vem.

Após ter transmitido os jogos do Campeonato Italiano na atual temporada, a Band decidiu que não continuará as transmissões para a temporada que vem, que começa em agosto. Dessa forma, a competição deixa a TV aberta e também o BandSports, que é a TV por assinatura, onde os jogos era o principal produto.

Nesse sentido, o nome da Disney, com os canais ESPN e Fox Sports, desponta como favorito e as conversas estão avançando. A mudança de agência para negociações dos direitos do Italiano e o preço cobrado para a renovação afastaram a Band. Mesmo com a importância do evento para fortalecer seu departamento esportivo no ano passado.

Assim, o italiano buscará um novo parceiro no Brasil. A liga italiana vendeu os direitos internacionais da Série A para a Infront Sports & Media, agência com sede na Suíça, até a temporada 2023/2024. No contrato, foram pagos 139 milhões de euros (R$ 926 milhões na cotação atual). Por outro lado, a Copa Itália e a Supercopa da Itália ficaram com a S&T Sports Group, empresa que tem sede em Miami (EUA). O valor do contrato não foi confirmado.

Por fim, no Brasil, a Globo e a TNT Sports gostariam de continuar com a competição. No entanto, a Disney é quem conversa de forma mais avançada nas negociações pela liga italiana. Hoje, é a favorita para levar as partidas, principalmente por sua força na América Latina.