Chelsea anuncia saída de Marina Granovskaia; Tuchel terá mais autonomia

O Chelsea anunciou nesta quarta-feira (22) muitas mudanças administrativas. Uma delas é bem importante: a saída da ex-diretora Marina Granovskaia. Ela foi uma das figuras chave nos bastidores durante a era Roman Abramovich, ex-dono dos Blues.

Após a venda para o empresário norte-americano Todd Boehly, o Chelsea implementará mudanças. Ele será presidente e interinamente o diretor esportivo. Dessa forma, Thomas Tuchel terá mais voz na hora de contratar já para a temporada que começará em breve.

“Nós agradecemos a Marina pelos muitos anos de serviços excelentes para o clube e desejamos o melhor no futuro”, disse Boehly, em recado sobre saída de Granovskaia. A empresária acompanhava Abramovich desde 1997.

Por fim, ela já foi chamada de “mulher mais poderosa do futebol” pela revista Times, destacando o cargo desempenhado pela russa. Granovskaia foi responsável por grandes negócios do Chelsea na história, como a contratação de Romelu Lukaku.

Os 10 melhores jogadores do Los Angeles Galaxy no FIFA 11 Os 10 melhores jogadores do Real Madrid no FIFA 11 sem CR7 Os 10 melhores jogadores do Sevilla no FIFA 11 As principais renovações de contrato da Free Agency da NBA