Chelsea define lista de negociáveis com objetivo de fazer caixa para novas contratações

Foto: David Woodley/Action Plus/Getty Images.

Segundo o jornal The Sun, o treinador alemão Thomas Tuchel quer além de ser campeão europeu, continuar na prateleira principal do continente e para isso duas aquisições são preponderantes: Hakimi e Haaland. Mas, para isso o clube terá que liberar alguns jogadores para aliviar a folha e quem sabe conseguir um valor interessante, entre os nomes listados estão: Davide Zappacosta, Marcos Alonso, Kurt Zouma, Ethan Ampadu, Baba Rahman, Tiemoue Bakayoko, Danny Drinkwater, Ross Barkley, Michy Batshuayi e Tammy Abraham.

Quatro dos 10 já foram emprestados na última temporada e o Chelsea sabendo que não vai utilizando na próxima época busca novos interessados para vendê-los, caso não consiga a situação é realmente emprestar novamente. Por outro lado, jogadores como Alonso, Zouma, Drinkwater e Abraham tiveram seus momentos no time principal, mas perderam espaço, assim esses tem uma maior chance de serem adquiridos de forma definitiva e se for preciso, os blues podem diminuir a pedida para seguir em frente na negociação.