Chelsea quebra invencibilidade da Juventus com goleada e se garante nas oitavas

Os Blues venceram o time italiano em Stanford Bridge nessa terça-feira (23) e carimbou o passaporte para as oitavas da Champions

O Chelsea recebeu nessa tarde a Juventus de Massimiliano Allegri, que estava invicta na UEFA Champions League. E na briga pelo topo do grupo H, os Blues bateram os bianconeri em solo inglês.

O jogo começou com muita pressão dos donos da casa, que chegaram firme e quase abriram o placar logo no início. O time italiano parecia perdido em campo e desligado do jogo.

E isso acabou botando tudo a perder. Aos 25′, Trevoh Chalobah abriu o marcador para os Blues. A bola levantada na área em escanteio, foi ajeitada por Rudiger e sobrou nos pés de Chalobah, que fuzilou o gol de Szczesny.

Porém, o gol foi bastante polêmico, pois a bola de Rudiger acabou sendo rebatida em seu braço, que estava fechado e colado em seu corpo. Com isso, o juiz validou o gol do jovem jogador.

A Juventus não deixou barato, e pouco tempo depois, aos 27′, Locatelli encontrou Morata na grande área e com um lindo lançamento, o italiano fez a bola chegar ao espanhol, que tentou marcar o gol por cobertura em Mendy.

Mas o grande zagueiro brasileiro Thiago Silva, não deixou e evitou o empate ao tirar a bola encima da linha.

Após esse lance, a Juventus se desligou do jogo, abrindo espaços para o Chelsea ampliar o placar, porém, sem sucesso. Os donos da casa levaram a vitória momentânea para o intervalo.

Na etapa complementar, o Chelsea continuou com a pressão para cima dos italianos, e foi logo premiado com o segundo gol do jogo.

O melhor jogador desse início de temporada, o lateral Reece James marcou o segundo gol dos Blues após cruzamento de Chilwell, e desvio de De Ligt. A bola sobrou pro jovem sozinho, que disparou contra o gol bianconeri aos 55′.

A Juventus não teve tempo de se recompor, pois logo aos 58′, em grande jogada coletiva, onde a bola passou nos pés de todos os jogadores dos Blues, Hudson-Odoi ampliou na pequena área. 3×0 e vitória garantida.

Os Blues continuaram pressionando os visitantes em busca do 4º gol. Mas quem quase marcou foi o time da Juventus, porém, Mendy não deixou que isso acontecesse. Zyech ainda tentou ampliar para o Chelsea, porém, sem sucesso.

Nos acréscimos, Timo Werner decretou a goleada, 4×0 para os donos da casa e vitória que consolida o primeiro lugar do grupo F. O atual campeão europeu segue rumo ao bicampeonato e é um dos favoritos ao título europeu.

Foto de Getty Images

Relembre a primeira escalação de Jorge Jesus pelo Flamengo em jogos oficiais Os melhores jogadores das últimas 10 edições do Mundial de Clubes VAI REVERTER? A provável escalação do Corinthians para enfrentar o Atlético-GO pela Copa do Brasil Relembre a primeira escalação de Guardiola como treinador do Barcelona em um jogo oficial