Conheça Jorginho, ítalo-brasileiro aclamado por suas cobranças de pênaltis e classe dentro dos gramados

Jorginho é o décimo jogador na história a conquistar a Champions League e a Eurocopa no mesmo ano.

O ítalo-brasileiro é cotado para ser eleito um dos melhores do mundo nessa temporada.

Nascido no Brasil na pequena cidade de Imbituda, no litoral sul de Santa Catarina, Jorginho nem sequer chegou a atuar profissionalmente dentro do nosso país. Jorginho mudou para a Itália no ano de 2007. Iniciou sua carreira aos 15 anos nas categorias de base do Verona.

Atualmente jogando pelo Chelsea, Jorginho revelou que fez teste em três clubes brasileiros antes de ir para base do Verona. O meia-campista disse ter feito testes no São Paulo, Palmeiras e Inter, sendo que não foi aceito em nenhum deles. Se arrependimento matasse, os clubes citados já estariam com dias contados.

Com sua ida para a Itália, o meia começou sua carreira no Verona. Jogou também no Sambonifacese, retornou ao Verona até que foi para o Napoli, onde ficou 4 anos e meio e se destacou sob o comando de Maurizio Sarri. Nesse meio tempo, o meia resolveu se naturalizar italiano.

Em 2018, transferiu-se para o Chelsea em uma transação de 57 milhões de euros (R$ 329 milhões) e, com o tempo, tornou-se titular absoluto nos Blues, com quem ganhou a Liga Europa da UEFA de 2018-2019.

Uma curiosidade da infância de Jorginho é o modo como surgiu nele a paixão pelo futebol. Diferentemente da maioria, o jogador teve sempre como inspiração a própria mãe, que chegou a atuar como atleta amadora.

“Eu sabia que, para a minha mãe, aquilo significaria muito. A gente vem de Imbituba, de uma família simples, de uma cidade pequena, até chegar em Londres e ver a camisa do filho pendurada em todo lugar” declarou Jorginho em uma entrevista para o Esporte Espetacular.

Volante de forte marcação e excelente passe, Jorginho se especializou nas bolas paradas. Aos 29 anos, o brasileiro foi um dos destaques da seleção italiana na Euro e um dos mais regulares na campanha invicta.

Em entrevista para a ESPN, em 2018, Jorginho explicou porque escolheu jogar pela Itália e não pelo Brasil.

“A seleção brasileira sempre vi como uma coisa muito distante, pelo fato de nunca ter atuado no Brasil profissionalmente e ter chego aqui com 15 anos de idade. Então, como a Itália abriu as portas para mim, eu não podia fechar. Pesou muito essa questão de ter vindo bem cedo”, disse o meio-campista.

Campeão e um dos grandes destaques do Chelsea na Champions League, Jorginho conseguiu o feito de ser também campeão da Euro com a seleção italiana, coroando uma temporada espetacular.

Com a final da competição, a lista de seleção da Euro 2020 foi divulgada, e o nome do Jorginho está incluso ao lado de Donnarumma; Kyle Walker; Bonucci; Harry Maguire; Spinazzola; Hojbjerg; Pedri; Federico Chiesa; Sterling; Romelu Lukaku.

Desde sua chegada ao blues em 2018, Jorginho chegou na final de todas competições disputadas. Sendo elas, Champions, Liga Europa, FA Cup, Copa da Liga, EURO.

Sem muito alvoroço, mas com muita técnica, muita luta, eficiência e trabalho, Jorginho se tornou uma estrela e está escrevendo seu nome no futebol mundial.

FOTO: CHELSEA FC