Patrocinadora da Copa do Mundo, Adidas tira gol de Cristiano Ronaldo e da à Bruno Fernandes

A fornecedora de materiais esportivos divulgou que o sensor da bola não detectou contato de Cristiano Ronaldo e que, portanto, o gol foi de Bruno Fernandes

Na tarde de ontem (28), a seleção de Portugal entrou em campo diante o adversário mais complicado de seu grupo, o Uruguai, e venceu por 2×0, garantindo a classificação para a próxima fase do Mundial. Porém, o primeiro gol lusitano foi envolto em polêmicas a respeito de quem teria aberto o marcador.

Após um cruzamento direto de Bruno Fernandes, o astro Cristiano Ronaldo, pulou tentando alcançar a bola, que acabou sendo gol. O camisa 7 comemorou o gol, porém, o autor acabou sendo considerado o camisa 8, Bruno.

A decisão do gol foi tomada pelo VAR e pelo árbitro da partida, que alegaram não ter tido o toque de Cristiano na bola. E nesta terça (29), a Adidas, principal patrocinadora da Copa do Mundo, divulgou que o sensor da bola não detectou contato de Cristiano Ronaldo e que, portanto, o gol foi de Bruno Fernandes.

Foto de Getty Images

Para onde vai Jude Bellingham? K-MAG na F1! Os números de Kevin Magnussen na Fórmula 1 Repetindo os passos do herói! A jornada de Carlos Sainz na Fórmula 1 Os destaques positivos do Bahia no início da temporada 2023