O SONHO AINDA NÃO ACABOU PARA O CRB

O jogo não seria nada fácil em casa, contra um dos grandes times de Pernambuco. O Galo praiano tinha uma missão importantíssima de vencer o Náutico na disputa dos três pontos para ainda sonhar com o acesso a primeira divisão. A rodada aconteceu no último sábado(05) no Estádio Rei Pelé, valendo a 34º rodada na Série B no Campeonato Brasileiro. Com várias chances de gols, e muita disposição, ainda não tinha sido suficiente para marcar o primeiro gol ainda no primeiro tempo. No segundo tempo, o técnico Mazolla Jr mudou a tática do time e acertou, aos 34 minutos do segundo tempo o Matheus Galdezani acertou em cheio o fundo da rede. A partida acabou no placar 1×0 para o CRB.

CONFIANÇA

As palavras de Mazolla JR antes e depois do jogo conseguiram passar confiança aos torcedores. Ele afirmou que o CRB iria subir sim e depois do jogo do Náutico tudo iria mudar, também disse que estavam fazendo a parte deles e que também conta com a ajuda de resultados de outros adversários, e por fim disse que se o CRB vencer os próximos quatro jogos, conseguem o acesso a primeira divisão. O Galo soma 52 dois pontos ocupando a 7º posição, com 4 pontos de diferença do Bahia que ocupa o 4º lugar da tabela.

SEM DESCANSO

Além de enfrentar os adversários, o CRB ainda enfrenta a sequência de jogos cansativos que prejudica o time devido ao desgastes e dificuldades de viagens longas. Enfrentou o Náutico no sábado, viajou para o Rio de Janeiro nesta segunda-feira(07) para enfrentar o próximo adversário Tupi em Juiz de Fora e logo em seguida volta a Maceió para enfrentar o Paysandu na sexta-feira(11).

MAIS UM CONFRONTO

O Galo vai enfrentar o Tupi nesta terça-feira(08) pela 35º rodada da Série B. Os três prontos serão importantíssimo para os dois time, tanto para o CRB que precisa para dar continuidade ao sonho do acesso e ao Tupi pela luta para não ser rebaixado. O Galo não vai poder contar com dois jogadores, Gerson Magrão e Luidy, por conta de lesão.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

CRB: Júlio Cesar; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Gabriel e Diego; Glaydson Almeida, Matheus Galdezani, Pery e Roger Gáucho (Éder); Welinton Júnior e Zé Carlos.

Técnico: Mazola Júnior.

TUPI: Rafael Santos; Douglas (Henrique), Gabriel Santos, Bruno Costa e Luiz Paulo; Recife, Renan, Vinícius Kiss, Hiroshi e Jonathan; Giancarlo.

Técnico: Ricardinho.

O que falaram os jogadores após classificação da seleção brasileira para as oitavas da Copa do Mundo Vítor Pereira indica primeira contratação ao Flamengo Os artilheiros da Copa do Mundo 2022, ao fim da segunda rodada Armação! Os meias ofensivos mais valiosos da Copa do Mundial de 2022