Criciúma se posiciona sobre incidente de racismo contra a Ponte Preta

Foto: Site/Criciúma EC

Por meio de suas redes sociais, o Criciúma se posicionou sobre o suposto incidente de racismo durante o empate com a Ponte Preta, no Heriberto Hülse.

O incidente aconteceu no fim do primeiro tempo, quando atletas do time visitante aqueciam atrás de um dos gols. O atacante Da Silva alegou ter sido chamado de ‘macaco’. Também foram atirados objetos contra os jogadores.

‘O Criciúma Esporte Clube vem manifestar o seu repúdio a qualquer ato de discriminação e afirma que jamais será omisso diante de um fato tão grave.’, disse o clube, que anunciou já ter encontrado o autor da fala racista.

‘O fato só reforça a importância da luta diária por um futebol sem ódio.’, complementou a nota. É importante citar que o incidente foi relatado na súmula da partida, e Da Silva registrou Boletim de Ocorrência.

10 jogadores que podem chegar ao Flamengo após parceria com empresário FIFA 23: As melhores jogadoras da Premier League feminina no game Os jogadores em atividade com mais partidas pela Argentina em Copas do Mundo Adversário duro! Relembre as campanhas da Croácia em Copas do Mundo