Cruzeiro é punido mais uma vez pela FIFA

O Cruzeiro foi punido mais vez pela entidade máxima do futebol, a FIFA, na manhã desta quarta-feira (2). A punição da vez é referente à negociação do atacante Willian junto ao Zorya, da Ucrânia, segundo a Rádio Itatiaia, que cobra 1 milhão de euros (cerca de R$ 6 milhões) da Raposa. Clube ainda não divulgou nenhuma nota sobre.

A punição é o impedimento de registro de jogadores, ou seja, o Cruzeiro não pode contratar atletas até que pague a dívida na FIFA. Essa é a segunda punição que o clube mineiro sofre no ano. A primeira foi menos seis pontos no Campeonato Brasileiro da Série B 2020, onde o Cruzeiro está em 14ª colocado no momento.

O presidente da Raposa, Sérgio Santos Rodrigues, havia anunciado recentemente um acordo com o clube ucraniano pela dívida com o atual jogador do Palmeiras. Cruzeiro deve ir à FIFA para mostrar o que aconteceu. Willian chegou à Raposa em 2013 e conquistou três títulos: dois Brasileiros e um Mineiro. Em 2017, foi para o Palmeiras e segue no time paulista desde então.

Foto de capa: Washigton Alves/Light Press/Cruzeiro

Resta1

Gabriel Neri

Amante de uma boa retranca uruguaia enquanto escuto uma MPB tomando uma cerveja argentina. Torcedor do Cruzeiro. Hincha de Independiente.