Cruzeiro não chega a acordo por salários atrasados e marca uma nova reunião

A situação financeira no Cruzeiro não melhorou e o clube não chegou a uma solução sobre os salários atrasados. Assim, o presidente Sérgio Santos Rodrigues vai marcar uma nova reunião com empresários para tentar resolver o problema. 

O primeiro encontro durou cerca de três horas e teve a presença do principal patrocinador celeste, Pedro Lourenço. Bem como outros empresários. Todavia, marcou-se uma nova conversa para esta terça-feira e terá o objetivo de solucionar a questão dos salários atrasados dos funcionários do clube. Portanto, o Cruzeiro vai priorizar resolver as pendências financeiras de 2021 e viabilizar recursos para fechar o ano em dia. 

“A reunião transcorreu de maneira tranquila. Avançamos em vários pontos, mas existem algumas questões que ficaram para serem finalizadas amanhã”, afirmou o presidente Sergio dos Santos Rodrigues. O Cruzeiro precisa de cerca de R$ 9 milhões para colocar os atrasados em dia. Esse valor envolve jogadores e funcionários do clube, bem como abrange férias, salários, FGTS e também parcelas do 13° salário de 2020. 

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)

Maiores campeões estaduais na Série A Os 10 times mais valiosos do Brasil Lembra deles? Os medalhões que jogarão os estaduais longe dos holofotes 7 Jogadores Livres no mercado que poderiam reforçar seu time