Luxemburgo tem aproveitamento na Série B maior que antecessores

O Cruzeiro é outro time sob o comando do técnico Vanderlei Luxemburgo. A equipe subiu na tabela, se distanciou da zona de rebaixamento e a notável melhora se reflete nos números. Portanto, o técnico tem um aproveitamento melhor e maior em relação aos seus antecessores Felipe Conceição e Mozart. 

O aproveitamento de Luxa é de 73,33%. São, portanto, três vitórias e quatro empates, logo, sem perder nenhuma partida. Assim, o rendimento do atual técnico é duas vezes e meio melhor que o trabalho dos outros dois últimos técnicos que passaram pela Toca da Raposa. Para se ter uma ideia, o aproveitamento do Cruzeiro antes do Luxemburgo era de 28,8%. 

Felipe Conceição, por exemplo, teve duas derrotas, enquanto Mozart alcançou duas vitórias, sete empates e quatro derrotas. Contudo, é justamente em razão desse início ruim, que o aproveitamento geral do Cruzeiro na Série B está em 40%, cujo patamar é considerado abaixo. Entretanto, o time subiu na tabela e se distanciou do Z-4. Porém, para chegar ao acesso à Série A, o time precisa fazer uma campanha superior aos 70%

(Foto: Getty Images)

Os 10 jogadores mais valiosos da Chapecoense CABE NO MENGÃO? Os números de Vidal nas últimas quatro temporadas INTENSO! Números de Lucas Paquetá no Lyon FURACÃO! Os números de Harry Kane nas últimas 10 temporadas