Além de Diniz, Santos pode ter até cinco ‘retornos’ e uma baixa

Após a vitória por 2 a 1 na Vila Belmiro contra o Athletico Paranaense, em partida válida pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, o Santos agora foca seus pensamentos no Palmeiras, adversário do final de semana, pelo nacional. O Peixe terá o retorno do técnico Fernando Diniz ao banco de reservas, já que cumpriu suspensão na última partida, devido o terceiro cartão amarelo tomado contra o América/MG.

Já no elenco, Pará, está de volta, após cumprir a suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo. Diniz ainda aguarda definição do departamento médico, com relação ao volante Alison, o lateral Felipe Jonatan e o atacante Kaio Jorge, todos em tratamento. Já o goleiro John, também existe a possibilidade de retornar ao time titular, já que esteve à disposição no bancos de reserva no jogo contra o Athletico, e seu retorno, fica a critério do treinador.

A baixa certa é o zagueiro Luiz Felipe, que recebeu seu terceiro cartão amarelo. Com isso, Diniz que já não está utilizando Luan Peres, que segue acertando seus últimos detalhes para a transferência para o Olympique de Marseille, terá que utilizar uma formação que ainda não atuou junto, possivelmente com Kaiky Fernandes e Danilo Boza, tendo apenas Robson Luiz no banco de reservas, como opção para a zaga. Outro fator que preocupa o treinador e a comissão técnica, é o desgaste físico dos atletas. Nas últimas avaliações, Gabriel Pirani e Jean Mota, que vêem a vários jogos como titular, já apresentam desgaste físico, e podem ser poupados contra o Palmeiras. Uma nova avaliação em ambos deve ser feita nesta quarta feira, pra decidir quais rumos tomar, quanto à escalação para o clássico.

Caso opte por poupar os jogadores, Diniz pode enfim iniciar a partida com Carlos Sánchez no meio campo, algo que não acontece desde outubro de 2020. O técnico também terá à disposição Raniel, que já esteve no banco de reservas contra o Athletico, e pode ser uma opção para a vaga de Kaio Jorge, caso o jogador não esteja liberado ainda para o jogo.

(Foto: Ivan Storti / Santos FC)

Dois anos de Hulk no Galo: veja números e conquistas Vai precisar! Veja possíveis substitutos de João Gomes no Flamengo Cruzeiro: quem ainda pode chegar e quem não vem mais? Os azarados! Os goleiros em atividade que atuaram no Cruzeiro durante a “Era Fábio”