Ângelo volta a ter oportunidades e ganha elogios de Carille

Depois de um início de temporada como titular, sob o comando do ex-técnico Ariel Holan, o atacante Ângelo, de 16 anos, que foi promovido em 2020 pelo então técnico Cuca, voltou a conquistar espaço no elenco santista, que tem o comando de Fábio Carille, há 10 dias.

Ângelo havia perdido espaço com o ex-técnico Fernando Diniz, onde entrou em poucas oportunidades em campo. Já com o novo treinador, nos três jogos comandados por Fábio Carille, Ângelo não chegou iniciar como titular, mas entrou em todos, aumentando ‘seus minutos’ em campo.

Na atual temporada, Ângelo atuou em 29 jogos, sendo 14 jogos, ainda sob o comando de Ariel Holan, que comandou o Peixe de fevereiro a maio, que lhe renderam 803 minutos em campo. Já após a chegada de Fernando Diniz, Ângelo atuou em 13 jogos, porém com apenas 292 minutos em campo, entrando sempre na reta final das partidas.

Mesmo tendo Marinho, Lucas Braga e Léo Baptistão como principais titulares, Ângelo deve ter mais espaços com o técnico Fábio Carille, que o elogiou na partida contra o Ceará, mesmo entrando no segundo tempo. “O Ângelo vem treinando bem. Ele voltou da Seleção Sub-17 praticamente junto comigo, dias antes. As informações eram ótimas e ele tem mostrado que tem condições, vai ter espaço sim, assim como os outros garotos.”

Ao lado do zagueiro Kaiky Fernandes, Ângelo é tido como uma das jóias que a base oferece ao elenco profissional santista. Todos na Vila Belmiro acreditam que o jogador pode seguir os passos de Robinho, Neymar e Rodrygo.

(Foto: Ivan Storti / Santos FC)