Atletas da base são emprestados a clubes paranaenses e paulistas

Com a extinção da categoria Sub-23 no Santos, a diretoria vem trabalhando para negociar os jogadores que não devem ser utilizados na Sub-20 ou no time principal. Com a intensão em ter oportunidades para os jogadores desenvolverem e voltarem com mais ‘casca’, a diretoria acertou empréstimo dos jogadores Lucas Lourenço (São Caetano), Anderson Ceará (Maringá/PR), Donizete (São Caetano), Lucas Sena (Rio Branco/PR) e Mikael (Cascavel/PR).

Os jogadores não seriam aproveitados pelo técnico Fábio Carille, e também não podem atuar pela categoria Sub-20, nas competições que o Santos for participar. Outros jogadores ainda devem ser emprestados, como é o caso do atacante Bruno Marques, que procura clubes em Portugal.

Com o elenco mais enxuto, a diretoria deve ter uma considerável queda na folha de pagamento mensal, e deve acertar a chegada de 4 a 6 reforços para a temporada 2022, mas sem grandes investimentos nas contratações, devido a crise financeira que o clube atravessa nos últimos anos.

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo / Santos FC)

Os jogadores que podem sair do São Paulo de graça As notas dos jogadores do Bahia no empate diante do Grêmio É do Galo! Números de Pavón, em 2020-2021 Os 10 melhores jogadores do PSG no FIFA 12