Atlético Mineiro divulga nota de repúdio a fala de vice do Flamengo e afirma

Em suas redes sociais, o Clube Atlético Mineiro divulgou uma nota de repudio a fala de vice dirigente do clube Rubro-negro carioca

O jogo entre Atlético e Santos, que terminou com a vitória do time mineiro por 3×1, acabou gerando inúmeras polêmicas no mundo do futebol brasileiro.

Entre elas, a suposta tentativa de invasão do dirigente alvinegro, Rodrigo Caetano, a cabine do VAR durante o intervalo da partida.

Diante isso, um dos dirigente do Flamengo, Rodrigo Dunshee, acusou Caetano e afirmou que o clube alvinegro tem que ser punido com a perda do mando de campo durante o resto do campeonato nacional.

Com isso, o Atlético Mineiro divulgou nota oficial em suas redes sociais, rebatendo as falas de Dunshee e alegando que o tempo de “O tempo de manobras extracampo e favorecimentos já acabou!”.

O clube ainda diz o seguinte a respeito da fala de Dunshee:

“Nela (em seu twitter), de forma dissimulada e ardilosa, ele afirma que dirigentes do Galo tentaram invadir a sala do VAR (no jogo Atlético x Santos, no último dia 13, no Mineirão), e pede punições ao Clube e aos dirigentes (a quem chama de agressores), em face dessa suposição.”

O Galo volta a campo no próximo domingo (17), e irá enfrentar o xará de Goiás, o Atlético-GO pela 27º rodada do Brasileirão 2021. O alvinegro mineiro lidera o campeonato com 11 pontos de vantagem para o vice-líder Flamengo.

Foto de Atlético