Autor de um dos gols, Richarlison comenta ato racista sofrido durante o jogo

Durante a comemoração do gol de Richarlison, a torcida da Tunísia atirou uma banana na direção do atacante brasileiro.

Na tarde dessa terça-feira (27), a Seleção Brasileira entrou em campo pela última vez antes do grande mundial do Catar 2022, e em mais uma atuação genial do time de Tite, a equipe Canarinho venceu a Seleção da Tunísia por 5×1.

E durante a comemoração de um dos gols, o atacante Richarlison foi alvo de racismo por parte da torcida da Tunísia. Ao festejar o gol marcado, o camisa 9 da seleção foi alvo de uma banana atirada a campo em sua direção, vindo da torcida do país africano, insinuando que os brasileiros seriam macacos.

Após o jogo, o atacante e camisa 9 falou sobre o ato de injúria racial que sofreu no jogo de hoje. Richarlison disse que não viu na hora, mas que espera que a pessoa seja punida.

“A gente fica triste por esse momento, espero que possam identificar a pessoa que jogou a banana na hora da comemoração e possa ser punido, servindo de exemplo essa punição, para evitar que aconteça esse tipo de coisa, ainda mais dentro de estádios.”

“Na hora ali eu não vi, graças a Deus também, porque na hora ali, de cabeça quente eu não sei o que poderia acontecer. Só espero que essa pessoa seja punida”, completou o atacante

Foto de Lucas Figueiredo/CBF

Passa nada! Os zagueiros mais valiosos da Copa do Mundo de 2022 Bernardo Silva rasga elogios ao Uruguai Fernando Santos confirma: Pepe será titular por Portugal Além de Neymar: craques que se machucaram em Copas do Mundo