Carille fala sobre os próximos passos de Sandry: “sem pressa”

Contra o Internacional, Carille voltou a colocar o volante Sandry, que entrou aos 21 minutos do segundo tempo. O jogador ficou oito meses fora dos gramados, devido uma cirurgia de reconstrução dos ligamentos do joelho direito, e o tempo médio de recuperação de 8 meses, ainda vai se completar no dia 7 de dezembro.

Com o empate no Rio Grande do Sul, o Santos chega à 46 pontos, e agora fica com chances próximas de 0% de rebaixamento, o que dá uma tranquilidade maior ao elenco e comissão técnica. O próximo jogo do Peixe é contra o Flamengo no Maracanã no dia 06 de dezembro, e fecha a temporada contra o Cuiabá, no dia 09 de dezembro, na Vila Belmiro.

Na visão do técnico santista, o jogador será utilizado com cuidado, sem pressa, respeitando um protocolo estipulado pelo Departamento Médico, para que ele volte à rotina de forma gradativa. “Temos que ter cuidado com o Sandry. Existe um protocolo de oito meses, que chegaremos em 7 de dezembro. Colocamos um pouco contra o Fortaleza, mais hoje.”

Como está no final da temporada, o técnico santista prega paciência no retorno de Sandry ao time titular, para não ter novas lesões. “Vamos ter paciência, sem pressa para o momento que iniciará ou não. É um grande jogador”.

Com o empate, o Santos deve brigar apenas por vaga na Copa Sul-Americana, embora pela pontuação, ainda tem chances de sonhar com uma vaga na Taça Libertadores. O time chegou aos 46 pontos e está em 11º lugar no Campeonato Brasileiro.

(Foto: Ivan Storti / Santos FC)

Maiores campeões estaduais na Série A Os 10 times mais valiosos do Brasil Lembra deles? Os medalhões que jogarão os estaduais longe dos holofotes 7 Jogadores Livres no mercado que poderiam reforçar seu time