Carlo Ancelotti afirma não estar contente com o empate em casa

Foto: Getty Images.

O treinador do Real Madrid resumiu da seguinte maneira o resultado:

“Estava perdido. O fato de não perder fala muito bem do elenco, porque esses jogos costumam ser perdidos. Mas temos que aprender, porque sofremos dois gols evitáveis. Não balançamos bem, além dele Podíamos ser mais compactos. Temos que avaliar as chances que tivemos. Não podemos ficar felizes. Agora há uma pausa e chegamos bem posicionados em todas as competições, onde queríamos, mas agora vem o importante, quando o títulos são jogados”.

O time estava perdendo de 2 a 0, quando o zagueiro brasileiro marcou o primeiro tento e assim Carlo falou sobre ele: “O Militão ainda tem que aprender neste aspecto. Sempre disse ao Ramos que seria um grande avançado. No final marcou muitos gols, lembro-me bem de um deles”.

Na sequência, Ancelotti abordou sobre a questão dos acréscimos na partida: “Estas são avaliações pessoais do árbitro. Todos gostaríamos que fosse mais jogado. Uma regra para os descontos, penso que seria boa para o futebol em geral”.

Apesar da igualdade no placar, o técnico ficou aliviado também com o empate do seu principal rival e segundo colocado que lhe manteve quatro pontos a frente na tabela: “O Sevilha também vai pensar que perdeu uma oportunidade. Tudo está muito competitivo. Foi um dia louco”.

O atacante Benzema não marcou na partida, mas tem a confiança do comandante que ele deva voltar contra o Athletic de Bilbao no dia três de fevereiro pela Copa do Rei após uma lesão durante a partida.

CAMPEÃ! Os números da Roma na campanha da Conference League Os 10 melhores jogadores do Borussia Dortmund no FIFA 07 MERECE SELEÇÃO? Os números de Ibañez, zagueiro brasileiro da Roma A provável escalação do Corinthians contra o Always Ready