Com a venda de Jean Mota, veja 4 meias que podem substituir em 2022

Com a venda do meia Jean Mota ao Inter Miami dos EUA, a diretoria santista deve procurar, dentro da sua atual política de contratação, reforço para substituir o meia, na próxima temporada. Jean Mota chegou ao Santos em 2016, e ao todo, foram 254 partidas, com 20 gols e 23 assistências. Em seu último jogo, contra o Améica/MG, o meia iniciou no banco de reservas, e com a contusão de Camacho, ainda no primeiro tempo, entrou em campo, mas em um lance de total displicência ao final do primeiro tempo, fez pênalti e foi expulso de campo, com cartão vermelho direto.

Jean Mota deve se transferir para o clube americano no início de 2022, o que vai render ao Santos R$ 2,8 milhões, além de percentual em venda futura, e com ‘a vaga’ aberta, o Mercado do Futebol pesquisou e apontou quatro possíveis nomes para substituir Jean Mota no Santos em 2022:

Apesar de o Racing ter se despedido da Libertadores lá nas oitavas de final, Chancalay não pode reclamar do seu desempenho na competição. O argentino marcou cinco gols em seis partidas disputadas no torneio e teve uma média de uma bola na rede a cada 77 minutos em campo. Extremamente versátil, o meia-atacante pode atuar em todas as funções do setor ofensivo e, por ser muito jovem, ainda tem bastante margem de evolução pela frente. Chancalay tem contrato com o Colón e está emprestado ao Racing até o fim do ano. Como a equipe de Avellaneda não acionou a cláusula de compra dos seus direitos econômicos, ainda é possível para os clubes brasileiros contratá-lo “direto da fonte”…. (Foto: Agustin Marcarian – Pool / Getty Images)
Destaque do Olímpia/PAR nas últimas temporadas, Jorge Recalde é um meia atacante que chama a atenção, pela consistência nomeio campo e precisão nos passes. Aos 29 anos e oito temporadas no Olimpia, o jogador chegou a ser oferecido ao Grêmio, mas a negociação não foi adiante. (Foto: Norberto Duarte / AFP – Getty Images)
O “Menino da Vila” Diego Ribas está em final de contrato com o Flamengo. Aos 36 anos, Diego iniciou sua carreira no Santos, e ao lado de Robinho, formou a dupla vencedora que tirou o Peixe da seca de 18 anos sem títulos. Ao longo de sua carreira e clubes que passou, Diego jogou 534 jogos, com 122 gols e 105 assistências. (Foto: Divulgação)
O meia Lorenzo Favarelli do Independiente Del Vale foi um dos protagonistas do time, na eliminação do Grêmio na pré-Libertadores de 2021, e se destaca pelo bom posicionamento e postura no meio campo, sempre aparecendo bem no ataque, o que seria um bom diferencial no atual meio campo do Santos. Aos 28 anos, o meia tem contrato com o clube equatoriano até dezembro de 2022. (Foto: Reuters)

Armação! Os meias ofensivos mais valiosos da Copa do Mundial de 2022 SPEEDY MENDOZA NO SANTOS! Veja os números do atacante com o Ceará no Brasileirão 2022 FIFA 23: Os melhores jogadores da Premier League sem o Big Six Real Madrid tem interesse em craque argentino