Dívida com Federação pode bloquear contas do Santos

Em meio a tantos acertos e acordos feitos para tirar o Santos da sua maior crise financeira até hoje, a diretoria terá mais um acerto a fazer, com poucas chances de acordo. O Santos possuí uma dívida próxima de R$ 5 milhões, com a Federação das Associações dos Atletas, a FAAP. A informação inicial foi trazida pelo site Gazeta Esportiva.

Este valor são percentuais de transferências recentes, não destinados ao Sindicato, que recebe 0,8% da venda do jogador, protegido por Lei. A última grande venda do Santos, o atacante Rodrygo, gerou uma despesa de R$ 1,4 milhão, a ser repassado à Federação.

Segundo o presidente Andres Rueda, existe risco de bloqueio de contas, além da dificuldade de se negociar, prazos e valores. “Com a FAAP, temos a dívida de R$ 5 milhões, em estágio de bloquear as contas, e bem difícil de ser negociada.”

Desde janeiro de 2021, não existe a obrigatoriedade de pagamento ao sindicato, o que fez a FAAP abrir mão de vários processos, onde receberia pelas negociações que aconteceram de dezembro de 2020 para trás. A diretoria santista conversa com a Federação para se ter um acordo, ou uma facilitação no pagamento da dívida.

(Foto: Reprodução / Youtube Santos FC)