Em busca da 1ª vitória no Santos, Carille monta esquema com várias possibilidades

O Santos volta a campo neste sábado contra o Ceará, em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena Castelão às 21h00. O Santos, que vem sem vencer há 8 jogos, com 3 empates e 5 derrotas, está na 13ª colocação na competição com 23 pontos, em 20 jogos.

Para o jogo contra o Ceará, o técnico Carille pela primeira vez em sua carreira, escalou seu time com três zagueiros, Danilo Boza, Emiliano Velázquez e Wagner Leonardo. O treinador entende que precisar dar maior c onsistência e segurança ao setor, o que não deixa o time somente com características defensivas, já que os laterais Pará e Felipe Jonatan, poderão atuar também como alas, compondo o meio campo.

Desta forma, fizemos uma análise das variações que o time pode ter, de acordo com a decorrência da partida:

3-4-3 – Formação que deve iniciar a partida, onde os laterais atuarão inicialmente como alas, compondo setor defensivo, mas com a liberdade de subir e distribuir jogadas no setor ofensivo.

5-3-2 – Pode ser utilizada, com maior pressão do adversário, onde os alas (Pará e Felipe Jonatan) se posicionam como laterais, e o atacante Marcos Guilherme, se posiciona no meio, ao lado do Gabriel Pirani, deixando Marinho e Léo Baptistão no ataque.

3-6-1 – O que parece ser tão defensivo, pode não ser. Mesmo com seis jogadores no meio campo, inclusive Marcos Guilherme e Marinho, pode se tornar uma arma poderosa na questão ofensiva, dando um bom suporte ao setor defensivo.

3-5-2 – Em caso de necessidade de se ter uma maior consistência no meio campo, essa formação seria utilizada, com o revezamento dos atacantes Marinho e Marcos Guilherme, compondo o setor.

PENDURADOS E DESFALQUES

O técnico Fábio Carille tem pendurados os titulares João Paulo, Felipe Jonatan e Jean Mota em campo neste sábado. Também com dois cartões, Luiz Felipe, Kaiky Fernandes e Carlos Sánchez estão no Departamento Médico, enquanto Vinícius Zanocelo, está disponível no banco de reservas.

Já a lista desfalques é bem maior, com John, Kaiky Fernandes, Luiz Felipe, Robson Reis, Madson, Carlos Sánchez, Sandry, Jobson e Kevin Malthus no Departamento Médico tratando de suas lesões. Suspenso com três cartões está Lucas Braga, e Diego Tardelli segue aprimorando condicionamento, e deve retornar contra o Juventude.

ESCALAÇÃO E ARBITRAGEM

Diferente dos últimos anos e um costume do treinador Fábio Carille, a escalação foi anunciada um dia antes com João Paulo; Danilo Boza, Emiliano Velázquez e Wagner Leonardo; Pará, Camacho, Jean Mota e Felipe Jonatan; Marinho, Marcos Guilherme e Léo Baptistão. O jogo terá a arbitragem de Anderson Daronco, com o auxílio de Michael Stanislau e Rafael da Silva Alves, todos do Rio Grande do Sul. O catarinense Rafael Traci será o árbitro de vídeo.

(Foto: Ivan Storti / Santos FC)