Lesionados em 2021 focam retorno com força total em 2022

A temporada de 2021 para o Santos, além das campanhas bem abaixo do esperado, também será marcada pela quantidade de lesões graves, que tirou vários jogadores do time principal por longos períodos. O Santos perdeu durante a temporada os volantes Jobson e Sandry, o goleiro John e o meia Carlos Sánchez, o que enfraqueceu o time e complicou o desempenho em vários jogos.

Por rompimento de ligamentos, Carlos Sánchez, Jobson e Sandry ficaram fora por mais de oito meses. Todos estão recuperados e foram voltando de forma gradativa, sendo Sánchez o primeiro a retornar, entrando nas etapas complementares de algumas partidas, antes de voltar ao time titular, porém o jogador de 36 anos ainda não está com o rendimento esperado, e acabou perdendo espaço no meio campo.

O volante Jobson, entrou apenas na partida contra o Grêmio em outubro, nos minutos finais, e quando parecia que voltaria a ter a sequência de jogos, apresentou uma tendinite no tornozelo esquerdo, o que tirou praticamente do restante da temporada. O volante Sandry, é o que voltou mais recentemente, entrando nos minutos finais contra o Fortaleza e Internacional, respectivamente.

Já o goleiro John, já treina em algumas atividades com o restante do elenco, e nos próximos dias, deve ser liberado para todas as atividades. Para ter sua recuperação total e estar totalmente disponível ao técnico Fábio Carille, o goleiro deve abrir mão de parte de suas férias, e seguir trabalhando no CT Rei Pelé, na sua recuperação física e técnica.

(Foto: Ivan Storti / Santos FC)

Duelo na Champions! Veja craques que passaram por Milan e Chelsea TIME DA VIRADA! Notas das atuações dos jogadores do Vasco contra o Operário Paulo Sousa promete quebrar o silêncio e falar sobre período no Flamengo FIFA 23: saiba tudo sobre o novo sistema de aceleração do game