Mês de março pode ser decisivo para a “Nova Vila”, entenda

O desejo de ter uma nova arena segue vivo no Santos. No início de março, o presidente Andres Rueda deve receber o projeto atualizado da Nova Vila Belmiro, com as novas considerações e atualizações de custos, que acabou inflacionando os valores, o que se fez necessário rever todo o planejamento.

Em entrevista ao SantosCast, Rueda explicou os motivos das novas mudanças no projeto. “Entrou a crise e a taxa de juros foi lá em cima. Com o aumento dos juros, essa conta ficou desequilibrada e estava faltando um investidor para aquele projeto. Chamamos os arquitetos, que estão vendoo que dá para fazer para chegar em um meio termo para que, sem perder a qualidade, o valor necessário para levantar a arena, seja compatível com o investidor.”

Após a apresentação do projeto ao presidente Andres Rueda, o mesmo deve ser apresentado ao Conselho, para ter a aprovação final e a obra se inicie. Após a aprovação, Rueda ‘traçou’ dois caminhos para a continuidade. “Temos dois caminhos, com e sem pandemia. Se tiver restrição, em um lugar que for mais econômico.”

Quando iniciar as obras, o presidente afirmou o desejeo de ter mais jogos do Santos na capital paulista. “Se tiver abertura, vamos fazer vários jogos em São Paulo, Paraná… Vamos tentar diversificar um pouquinho. Estamos pensando em fazer jogos em São Paulo. Não fizemos ainda porque com a pandemia o prejuízo foi maior. Está no nosso radar, é importante ter a torcida de São Paulo”.

(Foto: Santos TV)

Os jogadores que podem sair do São Paulo de graça As notas dos jogadores do Bahia no empate diante do Grêmio É do Galo! Números de Pavón, em 2020-2021 Os 10 melhores jogadores do PSG no FIFA 12