Na apresentação de Carille, Rueda fala sobre a mudança do comando santista em campo

Durante a apresentação do técnico Fábio Carille, o presidente Andres Rueda falou sobre a mudança do comando técnico do time, já que há poucos dias, firmava apoio ao técnico Fernando Diniz, para que ele pudesse ter uma maior continuidade no comando do time.

“Pode parecer algo estranho, mas eu continuava até o momento gostando do trabalho do ex-treinador. Infelizmente os resultados não vinham acontecendo. Eu tenho uma ‘máxima’, que é trabalho x planejamento. Não adianta planejar e não dar o resultado no trabalho. Nós tínhamos uma data limite, que os resultados precisavam aparecer.”

Com a escassez de resultado e o time despencando na tabela, o presidente santista falou sobre a atitude, frisando até poder errar por ação, mas não por comoção. “Muitas vezes nesta vida, é melhor você errar por ação, do que por comoção. Vai chegar uma época que você vai ter condições de fazer um trabalho a longo prazo, sem ter que fazer essas mudanças.”

Com a chegada do técnico Fábio Carille, o Santos tem seu quarto técnico em 2021, ano que começou ainda disputando a temporada 2020, com o técnico Cuca, depois teve a chegada do técnico Ariel Holan, e por último, Fernando Diniz, tudo isto, em pouco menos de nove meses completos. Neste período, o time correu risco de rebaixamento no Paulista, se salvando na última rodada, foi eliminado na Copa Sul-Americana pelo Libertad, precisa vencer o Athletico Paranaense para seguir na Copa do Brasil e está em 14º lugar no Campeonato Brasileiro, com 22 pontos em 19 jogos.

NA MIRA DO TIMÃO! Os números da carreira de Michael Confira os detalhes do novo manto celeste do Cruzeiro Os 10 elencos mais valiosos da Ligue 1 Os melhores batedores de falta do FIFA 14