‘Não me vejo em outro clube que não seja o Galo’, diz Hulk em entrevista ao jornal AS

O atacante deu entrevista ao grande jornal espanhol, ‘AS’, e declarou seu amor ao Galo quando perguntado sobre uma possível volta a Europa

A noite de ontem (20) foi mágica para o Atlético Mineiro e seus torcedores. Com uma sonora goleada por 4×0 contra o Fortaleza, na semifinal da Copa do Brasil, o time alvinegro já pode sonhar com a finalíssima da competição.

E no elenco do Galo, nenhum jogador vem fazendo tanto sucesso quanto o camisa 7, Hulk. No calendário desgastante do futebol brasileiro, o jogador de 35 anos já participou de 54 jogos nesta temporada, com 24 gols e 12 assistências.

Esse desempenho do atacante vem despertando olhares e interesse de clubes europeus. Porém, ao ser questionado pelo jornal ‘AS’, da Espanha, o craque não deixou dúvidas que seu desejo agora é permanecer em Belo Horizonte.

“Estou no Atlético há oito meses e parece que cheguei ontem. Temos que aproveitar ao máximo. Estou muito feliz, não posso negar. Estou satisfeito. É muito gratificante voltar ao seu país depois de 16 anos e fazer um trabalho muito bem feito em um clube que me abriu as portas, em um clube com a grandeza que o Atlético tem. O que posso responder é que hoje não me vejo em outro clube que não o Atlético”, disse.

Hulk ainda frisou que não se vê vestindo a camisa de outro time no Brasil.

“Você nunca sabe o que será amanhã, se eu voltarei para a Europa novamente. Mas, no Brasil, até pela forte ligação que criei com o Atlético e com a torcida do Atlético, não me vejo jogando por outro time aqui”, afirmou.

O atacante ainda falou sobre a liderança do Brasileirão e o principal objetivo do clube.

“No ano passado, o Atlético ‘bateu no travessão’ no Brasileirão. O time esteve muito perto de ser campeão, mas o título acabou escapando. Este ano o clube contratou jogadores importantes que estão ajudando a fazer a diferença: Nacho, Diego Costa e outros. A preparação da equipe partiu da experiência adquirida no ano anterior. Temos grande expectativa de que sirva de exemplo o que aconteceu no ano passado, sabendo que este ano temos uma grande chance de conquistar o título e realizar este sonho de toda Massa Atleticana, que há 50 anos espera por este importante título. Estamos no caminho certo”.

Hulk voltou a lamentar a eliminação da Copa Libertadores e disse que o foco principal é o Brasileiro.

“Há poucos dias li uma entrevista do  Rubens Menin  na qual afirmava que o Atlético entra em todas as competições para vencer. E é isso. Todas as competições que o Galo disputa é para lutar pelo título. Foi assim na Libertadores, que, infelizmente, devido aos detalhes, não conseguimos chegar ao objetivo, que era a classificação para a final. Falhei no pênalti, mas, com o time jogando muito bem, tivemos um pouco de azar, o que acabou nos levando à desclassificação, mas mantivemos a concentração”, disse.

“O Campeonato Brasileiro sempre foi nosso foco, não é porque saímos da Libertadores que mudamos nosso foco. Queremos vencer desde o início, a gente enxerga isso como o nosso objetivo, assim como a Copa do Brasil e como foi com o Campeonato Mineiro. É trabalhando muito e mantendo a humildade que teremos a oportunidade de realizar esse sonho de vencer o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil”, acrescentou o artilheiro.

Na goleada de ontem pela Copa do Brasil, Hulk foi autor de um dos 4 jogos da equipe alvinegra, que já está com um pé na finalíssima da Copa do Brasil.

Foto de Atlético

Paulo Sousa promete quebrar o silêncio e falar sobre período no Flamengo FIFA 23: saiba tudo sobre o novo sistema de aceleração do game CRAQUES! Relembre os maiores artilheiros do Flamengo no século 21 COM MUDANÇAS! A provável escalação do Fluminense diante do Atlético-GO