Negociação de Pituca também terá de ter documentos apresentados, veja detalhes

Depois de ser acionado pela agência NBK na venda do zagueiro Lucas Veríssimo ao Benfica, pela não apresentação de documentos, o Santos pode sofrer nova ação, agora para apresentar documentos sobre a venda do volante Diego Pituca ao Kashima Antlers, do Japão. A empresa Casa Soccer entrou com uma ação na justiça, exigindo do Santos, a apresentação dos documentos que firmaram a venda do volante Diego Pituca ao Kashima Antlers no início de janeiro. A solicitação foi feita, já que a empresa afirma ter representado o Santos, junto à negociação com o Botafogo/SP, além de emprestar dinheiro ao clube, para a quitação da compra do jogador, no valor de R$ 400 mil.

Com o auxílio financeiro na ocasião, ficou acordado entre as partes, que a Casa Soccer receberia a quantia de 10% do valor de venda futura do jogador, pagos pelo Santos. A venda aconteceu em janeiro, segundo a empresa a comissão não foi quitada, mesmo com as notificações extrajudiciais enviadas.

Com o não pagamento, a empresa por meio de ação na justiça, exige apresentação do contrato de compra do atleta, junto ao Botafogo de Ribeirão Preto, o contrato de rescisão contratual de diego Pituca com o Santos, e o contrato de transferência do jogador para o Kashima Antlers. Também foi solicitado o comprovante do TMS da FIFA, que gerou os registros, termos e condições da transferência junto à FIFA.

Até o presente momento, o Santos não foi notificado para responder ao processo, mas isso deve acontecer nos próximos dias, com os prazos determinados pela justiça, para apresentação dos documentos solicitados, sob pena de mandato de busca, caso não se cumpra.

(Foto: Ivan Storti / Santos FC)