SAF: Atlético Mineiro pode ‘copiar’ modelo SAF do rival América

Segundo informações de Thiago Fernandes da Band Minas TV e Goal BR, o Atlético observa com cautela o modelo do rival mineiro

Com a semana livre para treinos e foco no Campeonato Brasileiro, o Atlético Mineiro continua seu planejamento administrativo e planejamento para mudanças internas e estruturais no clube para os próximos anos.

Segundo informações do jornalista Thiago Fernandes, da Band Minas TV e Goal BR, o clube alvinegro pode ter novas mudanças administrativas em breve com foco na transformação do Atlético em SAF, uma Sociedade Anônima do Futebol.

De acordo com a fonte, o Galo observa o modelo de SAF do rival América Mineiro. O Coelho se tornou clube-empresa em dezembro de 2021. No entanto, foi cauteloso na busca por parceiros que pudessem investir no futebol. O clube tinha um objetivo: encontrar uma empresa disposta a investir cerca de R$ 150 milhões. As negociações só avançaram no início de agosto.

O Galo se tornará uma SAF no fim de 2022, segundo a fonte, e esta decisão já foi tomada pela atual gestão do clube. Depois disso, trabalhará com cautela para encontrar um investidor que pague o valor considerado justo pela cúpula: R$ 1 bilhão por 50% das ações do futebol.

O Atlético-MG não terá pressa nas decisões sobre a SAF, mas deseja a participação de um investidor que não esteja na diretoria do clube atualmente, ou seja, sem a participação do grupo de investidores chamados de 4R’s.

Foto de Pedro Souza/Atlético

10 jogadores que podem chegar ao Flamengo após parceria com empresário FIFA 23: As melhores jogadoras da Premier League feminina no game Os jogadores em atividade com mais partidas pela Argentina em Copas do Mundo Adversário duro! Relembre as campanhas da Croácia em Copas do Mundo