Santos fará reclamação formal na CBF contra escalação de Andreas Pereira

Nesta terça-feira, o Departamento Jurídico do Santos deve registrar uma reclamação formal na CBF, pela escalação do jogador Andreas Pereira pelo Flamengo, ainda que o jogador tinha sua documentação regularizada, mas não cumpriu os protocolos de isolamento, e ter entrado em campo com menos de 14 dias após ter desembarcado no Brasil, vindo da Inglaterra.

Andreas Pereira entrou no segundo tempo do jogo entre Santos e Flamengo na Vila Belmiro, onde o clube carioca venceu por 4 a 0, com o último gol, marcado pelo estreante do dia. O jogador que desembarcou no Brasil no dia 20 de agosto, e de acordo com as regras da ANVISA, e entrou em campo no dia 28, quebrando as regras preventivas contra a pandemia do novo coronavírus.

Mesmo sabendo que esportivamente, a reclamação não dever surtir efeito, a intensão será apelar pela moral d o episódio. “Pela moralidade do futebol, entramos com um pedido na procuradoria da CBF para apontar essa irregularidade que de fato aconteceu. Faremos independentemente de resultado, mas em uma análise prévia soubemos que o jogo não seria anulado ou a gente receber os pontos. É meio que posição unânime do jurídico.”

Se no âmbito esportivo o jogador e o Flamengo não devem ser punidos, Andreas pode sofrer processo civil, penal e administrativo sanitário, que pode lhe render multa que se inicia em R$2.000,00.

(Foto: Alexandre Vidal)