Veja 5 nomes de jogadores no futebol Russo e Ucraniano, que podem chegar ao Santos, devido à guerra

Com a liberação da Fifa, sem custos, dos atletas que atuam na Rússia e Ucrânia, os clubes devem buscar nesses países, vários reforços, já que estão em guerra. A liberação da Fifa vale até junho de 2023, e pode fazer com que vários jogadores retornem ao futebol brasileiro.

Como no atual momento, o Santos busca alguns reforços, nós do Mercado do Futebol listamos cinco nomes que poderiam chegar na Vila Belmiro e reforçar o elenco comandado por Fabián Bustos, que está em sexto lugar no Brasileiro e nas oitavas de final da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana.

CLAUDINHO – O atacante que já jogou nas categorias de base do Santos, depois da sua brilhante passagem no Red Bull Bragantino, foi vendido para o Zenit, da Rússia, onde em 31 jogos, fez 10 gols e deu 5 assistências. O jogador se encaixa nas características que o técnico Fabián Bustos procura, de um meia de criação, com bom poder ofensivo.

TETÊ – O atacante de lado Tetê se destaca pela sua velocidade e bom posicionamento pelo lado do campo. Pelo Shakthar Donetsk, o atacante tem 108 jogos, com 31 gols e 15 assistências, além dos títulos de bicampeão da ucrânia, campeão da Taça da Ucrânia e da Supercopa da Ucrânia.

FERNANDO CONSTANZA – Versátil, o lateral do Kryla Sovetov Samara, Fernando atua como lateral direito de ofício, mas também pode atuar de primeiro volante e meia direita. O lateral de 23 anos foi revelado pelo Botafogo, e tem 94 jogos 2 gols e 11 assistências na carreira.

RODRIGÃO – Ainda que não seja uma posição que incialmente o técnico Fabián Bustos tem pedido reforços, o zagueiro Rodrigão está no FK Sochi, e em sua carreira tem 100 jogos, com 6 gols e 4 assistências. O zagueiro fez sua estreia profissional em 2017, pelo Atlético Mineiro.

ISMAILY – Pouco conhecido no Brasil, mas bastante respeitado na Ucrânia, onde está desde 2012, o lateral esquerdo Ismaily de 32 anos é um lateral de características defensivas mais agudas, com boas subidas ao ataque. Em sua carreira, já são 341 jogos com 22 gols e 47 assistências, além de conquistar 14 títulos no futebol da Ucrânia

GABRIEL BRUSANELLO – Aos 23 anos, o jovem lateral saiu da Chapecoense para jogar no Dnipro, porém não chegou a estrear em solo europeu, mas enquanto esteve no Brasil, pela Chapecoense, o jogador chamava atenção pelo poder ofensivo, na construção das jogadas de ataque.

Krylya Sovetov Samara

As lutadoras brasileiras com mais vitórias dentro do UFC Salah e Marquinhos são destaques na seleção da semana do FIFA 23 Neymar cada vez mais próximo de marca histórica pela Seleção Brasileira Os pilotos com mais vitórias pela Willians na história da Fórmula 1