Atletico de Madrid suspende três sócios por racismo contra Vini Jr.

De acordo com o jornal AS, o Atletico de Madrid suspendeu três sócios por envolvimento nos ataques racistas a Vinicius Junior. Os torcedores são os primeiros punidos após o início da investigação na terça-feira.

Contudo, segundo o relatório da LaLiga, houveram pelo menos 500 pessoas insultaram o jogador o chamando de macaco, com base na filmagem capturada nos arredores do estádio. Em suma, o documento alega que foram 24 ocorrências, sendo oito à Vinicius Junior.

A emissora Gol Televison também gravou os gritos: “Vinicius, morra!”. Posteriormente, ele também foi chamado de tonto e foi alvo de xenofobia. A partida aconteceu no estádio Metropolitano, no último domingo, e acabou em 2 a 1.

Além disso, na semana anterior ao derbi, o brasileiro foi vítima de racismo durante um programa ao vivo. O agente e presidente da Associação de Empresários de Jogadores (AEAF), Pedro Bravo, disse para o jogador, no programa El Chiringuito, que ele deveria deixar de “fazer macaquice”.

Os lutadores com mais vitórias por decisão dentro do UFC Gabriel Jesus fala sobre Guardiola e se diz “mais solto” no Arsenal Os brasileiros com mais corridas disputadas na história da Fórmula 1 Desfalques, prováveis escalações, onde assistir e mais: Tudo sobre Vasco x Londrina pela Série B