Real Madrid e CBF criam a ‘Operacão Brasil’

As partes chegaram a um acordo para que Vinicius Jr, Militão, Casemiro e Rodrygo retornem ao clube espanhol na madruga após o jogo com o Paraguai

Após o emocionante jogo que resultou em um empate épico e inesperado entre o Real Madrid e o Elche no Bernabéu e pela lesão muscular de Benzema (entre hoje e amanhã o francês fará exames médicos para determinar a extensão do seu desconforto nos tendões), o treinador Carlo Ancelotti se viu numa situação complicada.

Com a convocação dos jogadores brasileiros para a disputa das eliminatórias, o comandante italiano se viu com um time bastante desfalcado diante o Athletic Bilbao na Copa do Rei.  

Porém, agora Ancelotti se vê aliviado com a decisão do retorno dos quatro brasileiros que viajaram hoje (24) ao Equador para disputar duas partidas pela seleção brasileira nas eliminatórias da Copa do Catar, a tempo do duelo decisivo da Copa do Rei.

Como já se sabe, Vinicius, Casemiro, Militão e Rodrygo foram convocados por Tite, e, apesar da canarinha já ter garantido seu ingresso para a Copa do Mundo no Catar, a seleção brasileira vai disputar os dois jogos restantes do seu grupo de classificação. Nesta quinta-feira (27) no Equador e na próxima terça (01), contra o Paraguai em Belo Horizonte.

O Real Madrid está negociando há dias com a CBF para que ela libere pelo menos seus quatro jogadores desse segundo jogo para que eles possam voltar a tempo de poder viajar para Bilbao na quinta-feira (3), para ajudar a equipe na San Mamés na partida da Copa (quartas de final, sem volta) contra o Athletic. 

Diante da recusa de Tite em aceitar esse retorno antecipado, o Madrid ao menos conseguiu que a CBF fosse cooperativa e por isso vai fretar um voo assim que o jogo com o Paraguai terminar para que os quatro brasileiros madridistas cheguem a capital espanhola na quarta-feira (2). 

Estima-se que cheguem a Barajas o mais tardar às seis da tarde. Logicamente, eles não poderiam treinar naquele dia e certamente iriam direto para suas casas para descansar e equilibrar o fuso-horário.

Com isso, Ancelotti terá mais peças disponíveis para o duelo decisivo e poderá avaliar se os jogadores irão atuar diante o Athletic Bilbao.

Quem não retornará é Fede Valverde, já que o Uruguai joga suas últimas partidas de classificação. Na sexta-feira (28), a celeste joga no Paraguai e logo após, a seleção tetracampeã mundial vai a Montevidéu, para um duelo contra a Venezuela.

Foto de Real Madrid

Os 10 jogadores mais valiosos da Chapecoense CABE NO MENGÃO? Os números de Vidal nas últimas quatro temporadas INTENSO! Números de Lucas Paquetá no Lyon FURACÃO! Os números de Harry Kane nas últimas 10 temporadas